Quarta, Fevereiro 21, 2018
Secretária de Saúde recebe integrantes do Movimento Lutas e Cores
Orientação para vacinação contra Febre Amarela
Pacientes do SUS contam com Serviço de Atenção Domiciliar
Verifique aqui se seus exames ou consultas já foram agendados.
Disque Saúde
Portal da Transparência do Município

Projeto “Um sorriso do tamanho do Brasil” chega a Caruaru

 

Será realizado no próximo dia 20 de novembro, na Escola Municipal José Clemente de Souza, em Cachoeira Seca, Zona Rural de Caruaru, uma ação de saúde bucal intitulada de “Um sorriso do tamanho do Brasil”. O projeto tem como objetivo contribuir com a saúde da população por meio do atendimento preventivo às crianças, motivação e instruções de higiene bucal.

Cerca de cinco mil crianças, entre quatro e 11 anos, serão beneficiadas pela ação, que vai atender escolas e creches da zona urbana e rural. Durante o evento serão disponibilizados dentistas e auxiliares para orientar sobre os cuidados com a saúde oral. Também serão distribuídos kits odontológicos.

A primeira escola que vai receber o projeto, Escola Municipal José Clemente de Souza, pertence ao segundo distrito de Caruaru e conta com 750 alunos nos dois períodos. “Os kits que serão doados são o atrativo desta ação que conta com a importante contribuição dos profissionais envolvidos para motivar e instruir quanto ao cuidado com a saúde bucal.”, disse a Coordenadora de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Caruaru, Mariana Cordeiro.

A ação será de forma descentralizada, favorecendo crianças de todos os distritos da zona rural e algumas creches da zona urbana. O projeto “Um sorriso do tamanho do Brasil” é uma parceria entre a Secretaria de Saúde do município, a Associação Brasileira de Odontologia (ABO), a Colgate e a Secretaria Estadual de Saúde.

Um Sorriso do Tamanho do Brasil – Elaborado em 2015, o programa tem como objetivo fomentar a saúde bucal da população brasileira, abraçando a missão de contribuir no desenvolvimento da percepção da importância da saúde bucal, parte indissociável da saúde integral, no cotidiano e na qualidade de vida. São programadas, no decorrer no ano, distintas ações públicas, artísticas, sociais e ambientais em todo o país.

Últimas Notícias

Secretária de Saúde recebe integrantes do Movimento Lutas e Cores
16 Fev 2018 15:24 - Conceição RicarteSecretária de Saúde recebe integrantes do Movimento Lutas e Cores

A secretária de Saúde de Caruaru, Ana Maria Albuquerque, juntamente com a secretária executiva de Vigilância em Saúde e Atenção Básica, Gessyane Paulino e a secretária executiva de Atenção Especializada, Ana Lúcia Ávila receberam os ativistas do Movimento Lutas e Cores, Sofia Fragoso, Emerson Santos e Rafael Henrique. A reunião aconteceu após uma solicitação do Movimento através da articulação da Gerência de Políticas Estratégicas da Secretaria de Saúde. A pauta foi sobre a instalação de um Ambulatório do Processo Transexualizador no município, durante a reunião os ativistas explanaram sobre a importância de um equipamento como esse na cidade. Ficou definido que, ainda este mês, será iniciado um estudo para verificar a viabilidade da instalação desse ambulatório em Caruaru. Também participaram da reunião, a gerente de Políticas Estratégicas, Marta Wanderley, a gerente geral da Atenção Especializada, Ana Elizabete e o coordenador de Política [ ... ]

Leia texto completo clicando aqui
Saúde participa de debate sobre políticas de regulação
08 Fev 2018 19:48 - Conceição RicarteSaúde participa de debate sobre políticas de regulação

Momento contou com a presença da secretária de Saúde de Caruaru, Ana Maria AlbuquerqueFoto: Camila Queiroz)   por AQUILLES SOARES Os servidores da Secretaria de Saúde de Garanhuns participaram, esta semana, de uma reunião com a Secretária de Saúde de Caruaru, Ana Maria Albuquerque, que realizou uma apresentação sobre as experiências utilizadas para unir as áreas da gestão pública, para regulação da saúde em nível municipal. O momento aconteceu na Câmara de Vereadores de Garanhuns, e contou com a participação da titular da pasta em Garanhuns, Nilva Mendes, e de representantes do Poder Executivo e Legislativo Municipal. Os profissionais que integram os setores como Atenção Básica, Regulação, Educação Permanente, Saúde Bucal e agentes comunitários de saúde, trocaram experiências com a secretária Ana Albuquerque, que abordou a implementação da Norma Operacional de Acesso Equitativo e Integral a Consultas Especializadas e Exames Complementares [ ... ]

Leia texto completo clicando aqui
Orientação para vacinação contra Febre Amarela
31 Jan 2018 18:28 - Conceição RicarteOrientação para vacinação contra Febre Amarela

  A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda, não contagiosa, causada por um arbovírus do gênero virus. A doença não tem registro de ocorrência de casos no Estado de Pernambuco, mas, é endêmica em vários Estados do Brasil. Considerando o cenário epidemiológico da Febre Amarela em nosso país, o Ministério da Saúde estabelece critérios operacionais para indicação da vacina contra Febre Amarela: - Para garantir o abastecimento da vacina em todo o país, os municípios que não são considerados áreas de risco devem realizar as ações de rotina do Calendário Nacional de Vacinação. Sendo estas destinadas as pessoas que irão viajar para área endêmica; - Não há motivo para busca da vacinação de forma indiscriminada em áreas que não há evidências de circulação ativa do vírus da Febre Amarela, como no caso de Pernambuco, Caruaru e cidades circunvizinhas.A vacina está indicada aos residentes ou viajantes para as áreas com recomen [ ... ]

Leia texto completo clicando aqui
Nota Informativa sobre Febra Amarela
31 Jan 2018 14:08 - Conceição RicarteNota Informativa sobre Febra Amarela

A Febre Amarela (FA) é uma doença infecciosa febril aguda, não contagiosa, causada por um arbovírus do gênero virus. A doença não tem registro de ocorrência de casos no Estado de Pernambuco, mas, é endêmica em vários Estados do Brasil. Em 11 de janeiro (informe epidemiológico nº 09) o Ministério da Saúde divulgou que, no período 2017 até 15 de janeiro de 2018 foram notificados 470 casos suspeitos de febre amarela com 35 casos confirmados e 145 em investigação. A taxa de letalidade, nesse período, foi de 57,1 %, com 20 óbitos confirmados href="http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/febre-amarela/situacao-epidemiologica-dados"> http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/febre-amarela/situacao-epidemiologica-dados). O primeiro caso humano confirmado nesse período teve data de início dos sintomas em meados de julho de 2017, com local provável de infecção em Guapimirim/RJ, onde epizootias em PNH por FA haviam sido detectadas no mês anterior de ocorrência do caso. Em SP, outros três casos humanos confirmados tiveram início do [ ... ]

Leia texto completo clicando aqui
Outros Artigos

Blog do Ministério da Saúde

Nossa Localização